(51)3441-2228 | 9 9860-7446

20 nov 2015

Empresa sem contratos? Pode ser que você tenha uma nova visão sobre o mercado.

/
Postado por

Venho ao longo de anos fazendo experimentos em minha empresa e no modelo de negócios que utilizamos para fazer as coisas acontecerem por aqui, porem nenhum outro tipo de situação me gerou mais resultados que tirar os contratos mensais que estipulam tempos fixos de permanência.

Alguns vão me chamar de loucos, outros vão dizer que o risco de inadimplência é alto, porem as coisas se mostraram ser bem diferentes e o que aconteceu foi que tudo mudou, para melhor obvio.

Ao não limitar mais meus clientes em tempos de permanência eu também os deixo com a liberdade de tomar a decisão de ficar com o nosso trabalho porquê precisam, sem obrigações baseados em multas ou clausulas, mas baseado em confiança e qualidade.

Eu assumo todo o risco sim, digo “Ou fica conosco porquê gosta e precisa do nosso trabalho, ou não fica” e isso desperta em todos um ar de confiança maior, facilitando a eles a opção de fechar negócio e “experimentar” (assim eles usam a expressão) e tão logo, fixar-se como clientes.

Assumir este risco de nossa parte é comprometer-se com qualidade de atendimento e trabalho, é também preocupar-se com eles e seus resultados e fazer tudo o que está dentro de nosso alcance para ajudar este cliente a prosperar. Tão logo isso fique evidente, nossos clientes passam a ser parceiros e amigos comerciais.

Algumas dicas do que faço para ajudar a todos devem ficar claras:

#1 – Trace com o seus clientes quais são os objetivos de conversão, sem isso você navega para qualquer lado sem saber onde deve chegar;

#2 – PREOCUPE-SE de verdade: Clientes se tornam fieis a medida que sentem que podem contar com você;

#3 – Faça mais do que ele espera, surpreenda!;

#4 – Mostre organização no final do mês. Relatórios extensos servem pouco para eles, mande o que ele precisa saber que é “Como ele botou dinheiro no bolso” e se possível “Quanto ele botou em dinheiro no bolso”, o nome disso é RESULTADOS;

#5 – Não mire o bolso mas sim as possibilidades que o trabalho vai trazer a vocês. Evite pensar no lucro que isso vai trazer, pense mais no que você vai aprender e como poderá fazer mais e melhor todos os dias, mas claro, saiba quais são seus custos e meça para não ter prejuízos.

#6 – Hoje melhor que ontem, pior que amanhã. Evolua, leia e pare com os mimimis de achar que um dia, quem sabe, talvez você possa aprender “tal coisa”. Comece um passo de cada vez, faça e não espere por ninguém.

Por fim, o cliente também precisa ser bom e ter um bom produto ou serviço ou ele não ficará conosco. Caso este tipo de avaliação nossa não ocorra, eu estaria vendendo algo que não compraria de forma alguma e assim fazendo um trabalho sem ética.

Nossos clientes TODOS tem ótimos serviços e qualidades, isso facilita muito as coisas e também faz da AGÊNCIA PROCURADA um case de ótimos trabalhos.

Leave a Reply

Deixe o seu comentário